Para melhor experiência de navegação, este site salva seu histórico de uso. Ao continuar navegando, você concorda com a política de cookies e privacidade.
O que podemos melhorar no site da POUPEX? Deixe o seu comentário.

POUPEX apoia campanha de cuidados com a saúde do homem

6 de novembro de 2020
Edifício Sede, em Brasília (DF), ganha iluminação especial pelo Novembro Azul

Novembro é um mês importante não só para a conscientização sobre o câncer de próstata – o segundo tipo de tumor mais comum entre a população masculina – como também para lembrar que todo homem precisa cuidar da saúde. Afinal, existem outras condições frequentes entre esse público, como as doenças cardiovasculares e as infecções sexualmente transmissíveis, que também requerem atenção. Cuidar da saúde é a única forma de viver mais e melhor!

Em apoio à campanha Novembro Azul, a Sede da POUPEX, em Brasília (DF), ficará iluminada na cor azul durante todo o mês. Confira, abaixo, informações úteis para a manutenção da saúde masculina.

Pesquisas têm mostrado cada vez mais que estar com a saúde em dia é consequência do estilo de vida. Manter hábitos saudáveis ao longo da vida impacta a prevenção de doenças e a melhor qualidade de vida. Mas já percebeu que geralmente quem vai mais ao médico ou se preocupa mais com a saúde é a mulher?

Levantamento do Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo aponta que 70% das pessoas do sexo masculino que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou de filhos para tomar essa decisão. Além disso, mais da metade desses pacientes haviam adiado a ida ao médico e já chegaram com doenças em estágio avançado.

Pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia mostra que somente 1% de adolescentes do sexo masculino vai ao médico. Os pesquisadores afirmam que isso acaba tendo reflexos na vida adulta. A pesquisa foi realizada com 267 estudantes de escolas públicas e privadas de 12 estados brasileiros.

Especialistas afirmam que essa falta de cuidado com a saúde acontece muitas vezes por desinformação e, em alguns casos, por preconceito. Existem estigmas e tabus em relação ao autocuidado do homem que acabam afetando decisões e prejudicando a saúde.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, as mulheres culturalmente têm o cuidado de olhar mais para a própria saúde, ao passo que os homens só vão ao médico quando não se sentem bem. É importante assimilar, no entanto, que o autocuidado é essencial para viver mais e melhor.

O câncer de próstata é o segundo tipo de tumor mais comum entre os homens. Até o fim deste ano, deverão surgir quase 70 mil novos casos da doença, segundo informações do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

Mas a boa notícia é que, se diagnosticado no início, esse câncer apresenta 95% de chances de cura. Por isso, realizar o rastreamento regular da doença pode salvar muitas vidas. 

  • Idade acima dos 50 anos
  • Histórico familiar
  • Afrodescendência
  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Tabagismo
  • Consumo excessivo de álcool

Nos estágios iniciais, o câncer de próstata não manifesta sintomas. No entanto, alguns homens podem apresentar:

  • Necessidade frequente em urinar
  • Fluxo urinário fraco, interrompido ou lento
  • Sangue na urina ou no sêmen
  • Dificuldades para ter ereções
  • Desconforto (dor ou sensação de queimação) ao urinar ou ejacular
  • Dor intensa na região lombar, quadris ou coxas

O rastreamento regular do câncer de próstata deve ser feito a partir dos 50 anos de idade. Mas quem apresenta histórico familiar da doença deve começar a partir dos 45 anos ou conforme orientações médicas. Confira os exames que não podem ficar de fora da sua rotina de check-up:

  • Exame de toque

Corresponde a uma avaliação rápida e indolor da próstata feita no próprio consultório médico. Esse exame é importante para avaliar a existência de alterações na próstata e a presença de nódulos.

  • Medição do PSA sanguíneo

É um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata e que pode sugerir a presença do câncer e de outras condições que afetam esse órgão. O PSA não substitui o exame pela via retal. Com o toque, pequenos tumores que muitas vezes não são detectados pelo exame podem ser percebidos. Com a combinação de ambos, cerca de 90% dos casos de câncer são descobertos.

Manter um estilo de vida saudável é fundamental para preservar a saúde do coração e ainda prevenir diversas doenças, como o câncer de próstata. Veja algumas dicas:

1 – Mude seus hábitos alimentares: diminua o consumo de gorduras, frituras, sal e produtos industrializados e aumente a ingestão de vegetais, frutas e grãos integrais.

2 – Esteja atento ao seu peso ideal: a obesidade e o excesso de peso são os grandes vilões do coração. Por isso, mantenha o seu peso ideal e fique de olho na circunferência do abdômen, que não deve ultrapassar os 94cm. Essa gordura é a que mais representa perigo ao coração.

3 – Controle a pressão arterial e o colesterol: assim como a hipertensão, o aumento do colesterol ruim (LDL) está relacionado a diversas doenças cardiovasculares, como infarto e AVC. Mantenha esses fatores sob controle.

4 – Pratique exercícios físicos regulares: de acordo com a Organização Mundial da Saúde, para ter os benefícios da atividade física é preciso praticar no mínimo 30 minutos de exercícios físicos em cinco dias da semana.

5 – Diminua o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e pare de fumar: esses hábitos estão relacionados ao desenvolvimento de diversas doenças, como as do coração e câncer.

6 – Visite seu médico de confiança regularmente: somente um profissional pode avaliar a sua saúde adequadamente e orientar quais exames preventivos são mais importantes para você. 

7  – Lembre-se de usar camisinha em todas as relações sexuais para evitar infecções sexualmente transmissíveis. Cuidar de si mesmo é cuidar de sua parceira também.

Seja consciente. Procure um urologista!

Últimas notícias

Loading...