Para melhor experiência de navegação, este site salva seu histórico de uso. Ao continuar navegando, você concorda com a política de cookies e privacidade.

Proteja-se: 6 dicas para não cair em golpes nas redes sociais

13 de maio de 2022

Num belo dia, você está navegando no Instagram e vê o anúncio de um amigo vendendo um celular pelos stories. O preço é ótimo. Você, então, manda mensagem e faz um pix do valor. E só depois descobre que foi vítima de um golpe financeiro. 

Dicas para não cair em golpes nas redes sociais

Seu amigo teve a conta da rede social invadida, crime digital que cresceu muito nos últimos tempos. Hackers roubam credenciais e se passam por uma pessoa para aplicar golpes. E você acabou caindo na armadilha. 

Para evitar esse tipo de situação, é preciso munir-se de informações. “É importante visitar com frequência sites que tratam desses temas. O conhecimento evita problemas”, alerta Ricardo Neiva, especialista em segurança cibernética da POUPEX. 

Neiva também aconselha as pessoas a participarem, em seus locais de trabalho, de todas as ações de conscientização referentes à segurança digital. 

Veja, abaixo, seis dicas da equipe de segurança cibernética da POUPEX para não cair em golpes nas redes sociais: 

1) Ative a confirmação em duas etapas

Esse sistema gera um código único e temporário que, somado à senha, valida a legitimidade do acesso à rede social. Tal verificação pode ocorrer por meio de SMS ou por e-mail, por exemplo. Para ativá-la, acesse o menu de configurações da respectiva rede.  

Dicas para não cair em golpes nas redes sociais

2) Não empreste dinheiro pela internet

Evite responder a mensagens nas redes sociais em que o conteúdo trata de solicitação de dinheiro. Desconfie sempre e, na dúvida, ligue para seu amigo ou familiar que supostamente está pedindo o empréstimo. 

3) Compre com cuidado

Converse com a pessoa antes de comprar algo anunciado na rede social. Não clique em links estranhos e não faça pagamentos antes de confirmar que o anúncio é verdadeiro..  

4) Use senhas fortes

Crie senhas longas e evite colocar dados pessoais, como aniversários e nomes de parentes. “Jamais passe as senhas para outras pessoas, nem mesmo familiares ou amigos próximos”, reforça Ricardo Neiva.

5) Evite se expor

Antes de postar algo, é sempre bom pensar duas vezes se aquele conteúdo tem informações que podem ser usadas por pessoas mal-intencionadas. Saiba mais sobre o perigo da alta exposição nas redes sociais

6) Deixe seu perfil privado

Com essa configuração, as solicitações de seguidores ou de conexões precisarão da sua permissão. Com isso, você terá maior controle de quem visualiza suas publicações nas redes sociais. 


Leia também:
Falso motoboy, WhatsApp clonado e links maliciosos: a diversidade dos golpes digitais
“123456”… Sua senha é realmente segura?

Últimas notícias

Loading...